Especialistas advertem consumidores a evitarem agir por impulso e contar com ajuda de profissionais na hora de decidir como vai ficar a decoração

Antes de sair correndo para as lojas e acabar comprando objetos por impulso, o consumidor precisa tomar alguns cuidados.

É fundamental pensar se o móvel tem o tamanho adequado ao espaço e se servirá bem para a função desejada.

Na hora de escolher móveis e o próprio projeto de decoração, o ideal é contar com a ajuda de um profissional especializado. Ele pode ajudar a aproveitar melhor o espaço, em imóveis cada vez menores.

Ao desenvolver o projeto, o profissional estuda o espaço para que os móveis ocupem dimensões adequadas e atendam às necessidades dos clientes. Além disso, devem ser levados em conta a ergonomia, a funcionalidade e a durabilidade.

O especialista ajuda até em detalhes que podem passar despercebidos, como a escolha da cortina para evitar que o móvel seja queimado pelos raios do sol.

É importante ainda verificar detalhes como dobradiças, parafusos, cantos, estrados e acabamentos, para que não aconteçam acidentes no dia a dia. Além disso, uma cadeira ou sofá mal escolhido, por exemplo, pode gerar danos sérios à coluna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.